Monday, 7 March 2016

DA CRISE POLITICA E SUA EMPRESA

DA CRISE POLÍTICA  E SUA EMPRESA

Calma e muita calma: o noticiário político que está anunciando prisões, processos, reações, manifestações, indignação, agressões verbais e físicas, e todos os atos similares, não terminou. O clima politico tenso está esquentando ou a pressão está aumentando e nós ainda vamos viver momentos muito interessantes e muitas surpresas virāo. Em termos gerais, não fica mal que o empresário esteja informado (mas nem tanto como o grupo de empresários mineiros que segundo o jornal O  Tempo já  sabia na quanta-feira passada que Lula ia depor), mas tem que analisar a pressão e o momento político também do angulo dos seus interesses empresariais.

Em primeiro lugar, pouco se pode fazer para mudar o clima. Seus representantes na Câmara dos Deputados e Senado sumiram, seu prefeito está preocupado com as contas e as próximas eleições municipais, e suas entidades de classe estão mudas, com exceção da Associação Comercial de Minas, porque, ou estão muito ligadas ao governo (por exemplo tanto indústria como agricultura têm  seus representantes no governo Dilma), ou acham que mexer com política não é função deles. 

Em seguida, a conclusão de que você nem sabe quem é Delcidio e João Santana e que Marcelo Odebrecht está mais longe de você do que a lua é certa. E provavelmente, como empresário, você não votou nem no Lula e nem no PT. Eles também não o conhecem, não compram seus produtos (pergunte se na adega de algum politico tem vinho mineiro e queijos de Minas?) e só querem que você pague as campanhas (agora também não pode mais) e os impostos. Portanto, se eles não se preocupam com você, você não se preocupe com eles.

Para passar esse tsunami politico, tem que acreditar que vai demorar aparecer luz no final do túnel. Nenhuma solução está à vista e todos os analistas que falam e dizem sempre terminam com a frase que a política é como as nuvens: uma hora assim, outra hora diferente. Sem previsão.

Não se assuste novamente, mas se não reduziu os custos, e achou novos produtos para novos mercados, não perdeu todas a oportunidades. Diminui a possibilidade maior do sucesso, mas ainda há tempo. Salve-se enquanto ainda pode. Salve suas empresa, antes que esses políticos que criaram essa situação levem você junto. Ou melhor só, vão levar você para buraco, porque no final de contas eles sempre se salvam.

E um lembrete final: definitivamente, não se assuste com Operação Lava Jato, ela é só uma ínfima parte do que está sendo mostrado. Os ladrões menores, alguns você conhece e já viu atuar, vão escapar, porque a justiça não tem a capacidade de julgar e prender todo mundo. E nem tão assustados alguns deles estão.

No comments:

Post a Comment