Friday, 4 January 2013

DA VENEZUELA, CUBA, PETROLEO E CHAVEZ(2)

A agonia tragica do Presidente Hugo Chavez traz a memoria as mortes de outros grandes lideres no campo socialista. Mais proxima para mim, que nasci na regiao que pertencia a antiga Iugoslavia, e a morte do Marechal Tito em 1980. As semelhancas do acontecido foram conferidas nos arquivos historicos publicados e depoimentos que obtive ontem e hoje das pessoas que participaram do Governo iugoslavo  na epoca.

Tito foi se  tratar em Ljubljana, Eslovenia,porque nao confiava nos hospitais militares de Belgrado. Nao confiava nos militares em Belgrado. Os medicos e envolvidos  no tratamento dele confirmaram que desligaram os aparelhos e que ele agonizava muitos dias. Em resumo, a morte foi declarada quando foi resolvido apesar de quadro institucional prever a sucessao, a sucessao de fato.

Presidente Chavez esta se tratando num pais fechado, pode ser que tem medicina melhor ou  nao (meu medico particular em Sao Paulo me recomendou de tratar de prostata em Caracas quando estava la, alegando que tem excelentes medicos por la) onde ninguem, nenhum medico da qualquer explicacao.As explicacoes de politicos venezuealanos sobre a doenca dele, sao declaracoes politicas e nao medicas. Quando politico ou familia explica o caso medico, e porque o medico nao pode explicar. E so o medico sabe de fato o que esta acontecendo.

Em resumo: Chavez so sera declarado morto quando sera clara e confirmada a sucessao dele. Para os cubanos e fundamental de ponto de vista politico e em especial economico, que chavizmo continua. Sem ajuda financeira de Venezuela, quem  morre de vez e a Cuba.

Para Estados Unidos e a grande chance de acabar com seu arqui rival hoje na America Latina, bolivarismo ou chavizmo. As conversas entre os representantes do Depto. de Estado norte americano  e os representantes do chavizmo estao acontecendo sob pressao dos paises latino americanos que nao querem mais uma intervencao norte americana no continente.Mas o impeto norte americano, seu engajamento nas eleicoes venezuelanas e de derrubar chavizmo com soft ou outro tipo de power nunca cessou.

O jogo e de uma complexidade impar e e ouverture para o caso cubano com morte de Fidel Castro.

Pelo que aconteceu na Iugoslavia e outros paises socialistas, nenhuma morte de lider socialista aconteceu de forma transparente. Sempre houve manipulacao ate ser resolvida a sucessao. No caso os atores sao mais do que experientes no assunto e seguem o manual do antigo leste europeu. E os interesses em jogo sao mais do que uma pessoa, no minimo a sobrevivencia de socialismo o muerte  ou da  quinta potencia petrolifera do mundo. 

1 comment:

  1. Li seu comentario e, cada vez mais, fico impressionado com o quanto e importante conhecer o comportamento das massas, em todos os sentidos, e o que a faz mover-se em qualquer direcao.
    De longe fica dificil avaliar o quanto o presidente Chavez tem e teve de util para o desenvolvimento e crescimento da Venezuela. Nao para o grade povo que o segue cegamente, mas para a nacao. O que vemos do bolivarismo, senao o que conheci aqui no Brasil, em minha infancia e juventude, como getulismo. Populismo bem orquestrado, tanto quanto o lulismo, baseado numa suposta distribuicao de riquezas atraves de inumeras "bolsas" que quase nada mais fazem do que criar disfarces sociais e, geralmente, bandos de preguicosos e socio-dependentes.

    Veja o que consideramos classe media. Deveria ser chamada de um pouco acima da pobreza. E que grande ilusao o tal do crescimento do pais que, a cada ano, mostra-se mais insignificante. E dos "ajustes contabeis", como o feito ao apagar das luzes de 2012 e so declarado no inicio de 2013 para, apenas atraves de artificios, mostrar que o pais cumpre suas metas fiscais. Vergonha total. Mas isso nao afeta diretamente o povo, que nao consegue acreditar ser o pais influenciado pela conjuntura negativa internacional, ja que Lula e a presidente Dilma dizem que este nao e o caso.

    Leio diariamente jornais da Venezuela e o que constato e uma populacao ridiculamente informada. Nao da para acreditar no formato do noticiario, suas exposicoes, justificativas e formas ate infantis de abordagens. Acho incrivel a alienacao imposta.

    Mas, falando do presidente Chavez, parece que, tambem como ocorrido em varias partes do mundo, como voce mencionlu e, tambem aqui com o presidente Tancredo Neves, so se espera uma oportunidade politicamente mais firme para declarar seus funerais.

    Abs

    Atilio

    ReplyDelete